14 de jan de 2009

A esperança é a última que morre

Aos 107 anos, chinesa procura primeiro marido

A mulher, que nunca se casou por medo, está em busca de um marido para não passar o resto de sua vida sozinha.

Wang Guiying, uma chinesa decidiu pôr fim à sua solteirice aos 107. Ela procura um marido, também centenário, para dividir as aflições da vida na velhice.

Wang, que nasceu na província de Guizhou, atualmente mora com sobrinhos. O mais novo deles está com 60 anos e os filhos dos sobrinhos já estão todos comprometidos com suas famílias. Wang tem medo de virar uma fardo para eles e, por isso, tomou a decisão de encontrar um companheiro. "O que acontecerá se eu não me apressar em encontrar um marido?", diz, preocupada.

Segundo Wang, sua repulsa pelo casamento, até agora, deve-se ao fato dela sempre ter presenciado seus tios e primos maltratarem as esposas. "Casar era muito assustador", diz ela, relembrando um tempo em que as mulheres chinesas eram consideradas inferiores na sociedade.

A população da cidade onde Wang mora já estão entusiasmados e prometeram ajudá-la a encontrar um marido centenário.


Quer dizer, quem nunca casou por medo agora casa por falta de opção.

Faz sentido!

Nenhum comentário: